Sentimento de Leitor

Juramos solenemente fazer boas recomendações
5 dicas para começar a ler quadrinhos
Livros

5 dicas para começar a ler quadrinhos

25 nov 18 5 mins. de leitura
por Caique Araujo

publicidade

“Como começar a ler quadrinhos?”, talvez essa seja uma das maiores dúvidas dos iniciantes na cultura nerd. Com a enorme diversidade de histórias que encontramos para serem escolhidas, quem não está acostumado com o gênero literário pode encontrar algumas dificuldades no começo. Mas, não se preocupe! Esse artigo está aqui para solucionar todos os seus problemas.

© Material de divulgação passível de direitos autorais.

Quadrinhos

® Relate qualquer abuso de Uso Indevido de Imagem clicando aqui.

O universo dos quadrinhos está esperando por você, só é preciso encontrar a “primeira história”.

A verdade absoluta é: não existe o jeito certo. Cada um tem as suas particularidades, as suas preferências e o seu modo para adaptar em rotinas na leitura das histórias em quadrinhos. Um dos grandes geradores de dúvidas por aqui é: o que deve ser feito? Os quadrinhos são histórias constantes que estão sempre evoluindo, criando mais e mais material para acompanhar. É um fato que uma revista de 2018 possuí um universo, muitas das vezes, completamente diferente em relação a uma época muito próxima como em 2017, por exemplo.

A solução é apenas encontrar as histórias certas e se familiarizar com a estrutura literal dos quadrinhos!

#1 Comece pesquisando

© Material de divulgação passível de direitos autorais.

Pesquise

® Relate qualquer abuso de Uso Indevido de Imagem clicando aqui.

Conhecer suas preferências é ótimo antes de começar a se desesperar devido a tantas opções.

Google não é só “pai dos burros”, mas também o “tio dos espertos”. Ele está aí para facilitar a vida de todos nós. Antes de começar a se aventurar pelas páginas dos quadrinhos, que tal conhecer um pouquinho mais do básico de cada um dos seus personagens favoritos?! A Wikipédia e, até mesmo, as Wikis específicas são as melhores enciclopédias para encontrar a solução para todas as suas dúvidas. Pesquise por cada um dos personagens com os quais você se identifica, descubra o perfil básico deles e a origem mais conhecida ou mais aceita.

Adotando essa atitude, você saberá com quem está lidando dentro de certa história. Quando um personagem surpresa aparecer, não se desespere! Basta que você utilize novamente o mesmo processo e conheça a breve introdução sobre tal personagem. Aos poucos você vai acabar se familiarizando e conhecendo todos os grandes personagens que compõem aquele universo dos quadrinhos, assim como as suas principais origens, deixando, por tanto, de estar deslocado pelas diversas páginas de história. Anote: pesquisar é sempre a melhor solução!

#2 Conheça a sinopse da história

Gostou de uma revista? Uma saga? Uma história? Ou, ainda, se identificou com determinado título? Se você está começando é muito importante que você verifique a sinopse do material que está prestes a ler. De preferência, fazendo uma busca sobre quantas edições representam aquela determinada história. Ao conhecer a base da história antes de propriamente ler, será possível que você descubra se existem dependências críticas para que você entenda o enredo – por exemplo: se há a necessidade de ler muitas histórias que vieram antes e quais são elas.

Agora na prática… quando uma pessoa lê a sinopse de Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban, ela logo percebe que está diante o terceiro ano de Harry em Hogwarts, havendo dessa forma dois anos anteriores antes de chegar até aquele ponto. Com essa informação a pessoa saberá por onde deve começar. Essa é uma dica muito simples para quem está iniciando uma nova jornada. Em suma, atentar-se nas sinopses das histórias vai evitar bastante dor de cabeça. E, como você vai encontrá-las? – novamente – pesquisando.

#3 Procure pelos encadernados ou graphic novels

publicidade

Fato: se uma história tem um encadernado, então certamente ela é um arco fechado. Os encadernados compreendem sempre as melhores histórias e as trazem completinhas para você, do inicio ao fim. Se for o caso de existir uma dependência para o encadernado Y, provavelmente também existirá o encadernado X responsável pela dependência. Além dos “livros” lançados – como O Cavaleiro das Trevas, por exemplo – também existem as coleções de Graphic Novels da DC e da Marvel lançadas pela Eaglemoss e Salvat, algum tempo atrás, respectivamente.

Tais obras são ótimas para começar! Você vai encontrá-las em qualquer livraria reconhecida, seja ela online ou não. Sendo assim, sempre se lembre que: se existe um livro que compila todo arco de uma história, ele pode ser o melhor caminho para começar. Mas é importante deixar claro que, na maioria das vezes, os encadernados não necessariamente são canônicos – ou seja, são histórias paralelas – e não representam a periodicidade das histórias em quadrinhos convencionais.

#4 Veja as edições “fora da caixa”

As edições “fora da caixa” são aquelas que fogem do cânone principal – Injustice é um exemplo. Existem diversas histórias que tratam sobre versões alternativas, mundos paralelos, crossovers ou ainda especiais, que não necessariamente são graphics novels. Como essas edições não se concentram no cânone, não existem dependências. Através delas, você poderá conhecer a forma como cada editora constrói suas histórias para se familiarizar e entender se está preparado para seguir apenas uma, ou aproveitar o melhor de todas. A sinopse, que você viu na segunda dica, costuma apontar se uma história segue ou não o cânone.

É válido ressaltar que editoras como a Marvel e DC, por exemplo, possuem inúmeras revistas focadas no mesmo personagem. Como, por exemplo, a Action Comics ou a Superman, a diferença entre elas é a linearidade da história. Você não precisa acompanhar ambas, já que pode escolher qual você se adapta melhor. E, apesar de fazerem parte de um cânone, elas tratam com os personagens do seu próprio jeito, assim as diferenciando.

#5 Dê o primeiro passo e não pare mais

© Material de divulgação passível de direitos autorais.

Dê o primeiro passo

® Relate qualquer abuso de Uso Indevido de Imagem clicando aqui.

Seja espontâneo(a) no primeiro passo, é importante começar. Se ainda não descobriu qual será a primeira história, comece por qualquer uma delas!

Parar na pista não rola! Existem centenas, quem sabe milhares, de pessoas que desejam entrar no universo dos quadrinhos, e o maior medo delas é se sentirem “dessituadas” dentro das histórias. Isso não vai acontecer! Da mesma forma que você pode começar a assistir uma série de TV sitcom a partir do episódio 10 e seguir dali em diante, o mesmo acontece com os quadrinhos. Algumas coisas podem até começar a parecer estranhas, mas com o tempo tudo vai se encaixar e mais ainda se você seguir todas as dicas anteriores. Se você não começar por qualquer quadrinho que seja, nunca saberá se está preparado.

Por fim, não se esqueça: histórias em quadrinhos são seriadas. Você não vai perder muito se começar a partir de agora. Bem, espero que este breve “guia” tenha ajudado e espero por você no universo dos quadrinhos! Deixe sua experiência nos comentários.

Artigo originalmente publicado no site O Super Nerd, e readaptado para Sentimento de Leitor.

Comentários

O blog Sentimento de Leitor disponibiliza o espaço do DISQUS para comentários e discussões dos temas apresentados no site, não se responsabilizando por opiniões, comentários e mensagens dos usuários sejam elas de qualquer natureza. Por favor respeite e siga nossas regras para participar. Compartilhe sua opinião de forma honesta, responsável e educada. Respeite a opinião dos demais. E, por favor, nos auxilie na moderação ao denunciar conteúdo ofensivo e que deveria ser removido por violar estas normas. Leia aqui os Termos de Uso e Responsabilidade .

A estrutura do site, bem como os textos, os gráficos, as imagens, as fotografias, os sons, os vídeos e as demais aplicações informáticas que os compõem são de propriedade do "Sentimento de Leitor" e são protegidas pela legislação brasileira e internacional referente à propriedade intelectual. Qualquer representação, reprodução, adaptação ou exploração parcial ou total dos conteúdos, marcas e serviços propostos pelo site, por qualquer meio que seja, sem autorização prévia, expressa, disponibilizada e escrita do site, é vedada, podendo-se recorrer às medidas cíveis e penais cabíveis. Leia aqui os Termos de Uso e Responsabilidade .

publicidade

quem escreve?

Mandy Ariani

Olá, eu me chamo Mandy! Sou apaixonada por livros, filmes, mangás e Jane Austen. Se você quer ficar por dentro do universo geek e literário, visite a gente!

colaboradores

publicidade

para te inspirar

Palavras são, na minha nada humilde opinião, nossa inesgotável fonte de magia. Capazes de formar grandes sofrimentos e também de remediá-los.

J. K. RowlingHarry Potter, 1997-2007.

os mais lidos do blog

editoras parceiras

2019

resenhas as mais recentes

Instagram@sentimentodeleitor