Sentimento de Leitor

Juramos solenemente fazer boas recomendações
Kindle: Vale a pena comprar um?
Livros

Kindle: Vale a pena comprar um?

25 jun 19 13 mins. de leitura
por Mandy Ariani

publicidade

Para muitos leitores no Brasil, ler e-books é uma prática um tanto comum. Mas, entre alguns PDFs e muitas leituras ainda existem algumas grandes dificuldades: o conforto e o carinho pelos livros físicos. Há quem ache incomodo ler no computador. Há quem não possua um celular com uma tela grande e boa o suficiente. E há outros que adoram os livros físicos. E, para todos esses, o Kindle garante o seu espaço. Acompanhe agora as vantagens, desvantagens e principais dúvidas sobre o aparelho!

Eu prefiro livros físicos, e agora?

Antes de começar, já antecipo que o Kindle é um excelente aparelho, porém com suas ressalvas. Caberá a cada um analisar a finalidade de uso do dispositivo. Afinal, ele é um produto projetado para otimizar e melhorar a performance de leitura e é por isso que ele se difere de tablets, celulares e computadores. O display – tela do aparelho – é extremamente confortável para os olhos e idealizado para que você possa ler mais e melhor.

Se você ama as versões físicas do livros, o Kindle não atua como um substituto. Ainda será satisfatório manter estantes com as edições dos seus livros mais amados. Na verdade, não há nada que o digital possa fazer para substituir a experiência de cheirar os papéis, tocar em cada folha e apreciar capas delirantes aos olhos. Mas, como instrumento de leitura, acredite, o Kindle é tão bom quanto um livro e você entenderá o porquê.

Independente do modelo que você comprar, a satisfação é garantida. Em geral, o investimento vai valer a pena. Tudo isso deve-se ao fato de que o Kindle é extremamente durável e você só precisará trocá-lo caso ele quebre. Você poderá ter inúmeros livros em um só lugar. Ele é acessível. E, para a maioria das pessoas que já o possuem, nota-se que é difícil que o aparelho dê qualquer problema. Principalmente, se você souber como manuseá-lo e tomar todos os cuidados descritos no manual.

Atualmente no mercado, existem três tipos de Kindle que podem ser adquiridos, são eles: o Básico, o PaperWhite e o Oasis. E, sinceramente, a diferença entre eles está mais atrelada ao conforto do que exatamente especificações técnicas. Seguindo esse princípio, portanto, caberá a você avaliar sobre o quanto têm para investir do que, necessariamente, em relação a experiência que eles garantem.

Por que é bom ler no Kindle?

Antes de diferenciar cada um dos modelos, você precisa entender porque é melhor ler no Kindle do que em qualquer outro dispositivo. Além de, é claro, ser tão bom quanto ler um livro. Está relacionado a tecnologia da tela, chamada de e-Ink – uma alusão à “tinta digital”. Imagine os aparelhos tradicionais, como smartphones, tablets ou computadores. Em geral, cansam a vista ou resultam em um iluminação enorme em seu rosto, totalmente diferente da experiência de ler no papel. Essa é a tecnologia LCD.

Para formar as imagens, o LCD precisa aceder pontos de luzes baseados nas cores Vermelha, Verde e Azul. É justamente isso que “cansa” a vista e que torna a tecnologia não tão capaz de reproduzir as letras como no papel. Mas, na tecnologia e-Ink o processo é diferente.

Agora, para formar as imagens não é necessário luz. Afinal a tela é repleta de pigmentos magnéticos brancos e pretos. É por isso, alias, que não existe cor nos Kindle. Com isso, essa tecnologia consegue imitar um ponto impresso no papel. Sem emissão de luz, a vista fica descasada e traz a sensação parecida com a leitura em papel.

© Material de divulgação passível de direitos autorais.

Na imagem, em zoom, a comparação de texto nas três tecnologias.

® Relate qualquer abuso de Uso Indevido de Imagem clicando aqui.

Na imagem, em zoom, a comparação de texto nas três tecnologias.

Mas, o Kindle não tem luz?

Sim, a partir de agora, inclusive, 2019, todos os Kindle tem luz. Mas, esta luz é utilizada apenas para iluminar a área de leitura e não para formar a imagem, como acontece nas tecnologias LCD. Permitindo assim que você seja capaz de ler em ambientes com baixa ou nenhum luminosidade. E essas luzes são emitidas a partir das laterais do aparelho e não em direção aos olhos, como se você iluminasse uma página de livro.

Dúvidas dos leitores

O que realmente leva alguém a escolher ou não por um Kindle é justamente o que ele é capaz de fazer. Dentre tantos recursos, todos eles tem um único objetivo: a experiência de leitura. Por esse motivo, compilei neste artigo algumas dúvidas mais frequentes sobre o aparelhinho. Acompanhe!

1. O Kindle é resistente à água?

Sim e não. Desde que que fora lançado, o Kindle Oasis foi o único modelo a prova d’água do produto. Mas, para a versão 2019, o Kindle PaperWhite também ganhou a capacidade de ser resistente aos líquidos. E, de todos os modelos disponíveis, o Kindle Básico é o único que não apresenta a proteção.

2. É possível ler PDFs no Kindle?

Sim, é possível, mas a experiência não é das melhores. O Kindle apresenta outro formato de leitura e, por conta disso, abrir um PDF é uma tarefa parecida com ler um PDF no celular e no computador: incomodo. Mas, existe uma alternativa. Com diversas plataformas digitais disponíveis e alguns outros processos, você pode converter os seus arquivos em PDF para o formato MOBI – nativo do Kindle.

Vale destacar que, mesmo com a conversão, alguns PDF podem ficar com alguns probleminhas aqui e ali. Entre eles, distorção nas imagens, na formatação das letras ou incapacidade de personalizar a leitura. Convém, portanto, convertê-los em diferentes plataformas para testá-los ou procurar uma versão alternativa do arquivo, preparada para e-reader.

3. Eu consigo transferir meus arquivos para o Kindle?

Sim, seja por e-mail, por USB, utilizando o software da Amazon e até outros métodos alternativos. Você conseguirá transferir estes arquivos sem nenhum problema. Mas, lembre-se, que sempre será preciso fazer alguma conversão dependendo do tipo de arquivo para que o dispositivo consiga ler corretamente.

4. É possível ler quadrinhos no Kindle?

Sim, é possível, entretanto não é a melhor experiência de todas. Particularmente, não recomendo que essa seja a finalidade do aparelho. Isso deve-se, principalmente, a limitação do Kindle de não trabalhar com cores. E, também, os quadrinhos nem sempre são formatados para uma leitura mais confortável no dispositivo. Por conta disso, ainda é melhor ler quadrinhos nos smartphones, tablets ou computadores.

5. Quantos livros cabem no Kindle?

Infinitos. Sério. A versão básica conta com 4 GB de armazenamento, enquanto que o PaperWhite, 2019, já possui 8 GB. Para você lotar o armazenamento precisaria de 500 mil a 1 milhão de livros. E se você está se perguntando “então, por que tanto espaço de armazenamento?”. A resposta é simples. O Kindle permite que você ouça áudio-livros, por tanto, faz sentido contar com tanto espaço disponível.

6. Tem como ver os números de páginas nos e-books?

Quando você começa a conviver com e-books para Kindle, vai entender que eles contam com inúmeros recursos. Alguns e-books vem com transições de páginas, outros com índice, outros com leituras dinâmica, etc. Então, também existem alguns livros que contam com um contador de páginas. Mas, em geral, é raro. Está aí um ponto que frusta muitos leitores assíduos.

Como o Kindle permite que você personalize a fonte, o espaçamento, a diagramação, as páginas variam. Um livro pode contar com 150 páginas para você, enquanto que, para mim, o mesmo livro apresenta 300 páginas. É extremamente variável. Por isso, a meta padrão do Kindle é a porcentagem de leitura. Então, na prática basta fazer um cálculo. Se você está lendo um livro de 500 páginas e o Kindle diz que já foram lidos 50%, então você leu 250.

7. Posso navegar na internet com o Kindle?

Sim, você pode. O Kindle conta com um navegador experimental, mas é preciso avisar: ele não é o melhor recurso do dispositivo. A navegação é bem primária e não vai ser tão bom quanto navegar no Chrome ou no Safari. Mesmo contando com o modo leitura – que converte páginas para textos, talvez, só o Kindle Oasis garanta uma experiência “melhorzinha” de navegação. Por conta disso, não escolha um Kindle para ter acesso à navegação em sites como Twitter, Facebook ou Skoob. Não vai rolar.

8. Quais os recursos que posso utilizar durante a leitura?

A parte mais legal de ter um Kindle é que você pode uma série de recursos interessantes. Entre eles: você pode pesquisar por palavras ou termos em suas notas ou no livro; você pode controlar o brilho da tela, o tamanho do texto, a fonte, as margens, o espaçamento e o alinhamento; é possível realizar marcações, tomar notas, salvar páginas; encontrar palavras no dicionário ou pesquisar na Wikipédia durante a leitura, etc.

Se você explorar bem o seu dispositivos, ainda vai encontrar mais algumas coisas. Como, por exemplo, a sincronia entre dispositivos. Em geral, esses recursos ajudam bastante durante a leitura e fica a dica: você pode testá-los! A Amazon conta com o aplicativo Amazon Kindle que pode ser baixado em qualquer dispositivo, ele apresenta recursos bastantes similares ao Kindle.

9. Como posso visualizar o tamanho do Kindle?

Essa, disparada, é uma curiosidade da maioria dos leitores que querem adquirir um Kindle. Ele é maior que um celular? Menor que um tablet? E eu tenho a comparação perfeita para você! Ele é, exatamente, dois centímetros menor, em largura e altura, que uma caixa de DVD. E, caso você tenha uma caixa de Blu-ray, é ainda mais próximo.

publicidade

Com isso, você já consegue ter uma base do tamanho do aparelho. Considerando que o foco é a leitura, acredito que este tamanho seja mais do que suficiente para as operações de um leitor. Vale ressaltar que todos eles apresentam uma tela de 6 polegadas, exceto o Oasis com 7.

10. Vale a pena assinar o Kindle Unlimited?

O Kindle Unlimited é uma plataforma da Amazon parecida com a Netflix e, no final, a decisão fica por conta do catálogo. Com a assinatura, você pode ler até 10 livros de uma vez sem qualquer custo adicional. Entretanto, eu recomendo uma pesquisa na loja da Amazon sobre as suas leituras favoritas. Dessa forma, você saberá que o Kindle Unlimited é vantajoso ou não para você. Seja pelos descontos que ele oferece ou até pela gratuidade dos livros em catálogo.

As principais diferenças entre os modelos

Kindle Básico

© Material de divulgação passível de direitos autorais.

Kindle Básico

® Relate qualquer abuso de Uso Indevido de Imagem clicando aqui.

O Kindle Básico é o mais compacto da linha. Apresenta o menor tamanho e o “pior” acabamento.

Para a décima geração, já disponível, a Amazon trouxe algumas inovações, entre elas: a iluminação. Antes, na versão básica, só era possível ler com alguma iluminação externa. Afim de continuar com o modelo mais barato, mas incluir o recurso, o produto apresenta 4 luzes de LED distribuídas ao redor da tela. É possível controlar a luminosidade delas, mas, para ambiente com ausência completa de iluminação, ainda não é tão confortável quanto os modelos PaperWhite ou Oasis.

Em relação a bateria do modelo, a Amazon afirma que dura até seis semanas sem precisar carregar novamente. Para tanto, eles consideraram meia hora de uso diário, iluminação no nível 13 e Wi-Fi desativado. É possível que para um uso mais acelerado, você consiga tranquilamente utilizar entre duas e três semanas sem precisar carregar novamente. Outra vantagem é que este continua sendo o modelo mais compacto, mais leve e mais portátil.

Por outro lado, algo que decepciona os usuários deste modelo é justamente a densidade da tela. Esta, por sua vez, é o que faz com que as letras sejam mais ou menos definidas. O Kindle Básico apresenta apenas 167 ppi. É como se você imprimisse em baixa resolução. Como a densidade de tela é a menor entre todos os modelos, é relativamente fácil distinguir os pixels na tela. Para tamanhos de letra um pouco menores, já fica um pouquinho mais complicado.

Vale ressaltar, ainda, que esse modelo não conta com duas características favoritas entre os usuários, são elas: o modo noturno e a proteção contra água. Também, não é possível utilizar com praticidade os recursos nativos do Kindle, entre eles: marcações, notas e o dicionário.

Vale a pena?

Essa é uma questão pessoal, mas depende da sua frequência de leitura. Se você lê vez ou outra, ou ainda, uns trinta minutos por dia, sem dúvidas esse é o modelo para você. Você sendo um leitor bem casual, o Kindle Básico funciona. E, mesmo que agora conte com iluminação, não compensa muito trocar qualquer modelo que você já tenha por esse. Prefira, neste caso, guardar um pouco mais de dinheiro e investir nas outras versões.

Para comprar o Kindle Básico em seu melhor preço, clique aqui.

Kindle PaperWhite

© Material de divulgação passível de direitos autorais.

Kindle PaperWhite

® Relate qualquer abuso de Uso Indevido de Imagem clicando aqui.

O Kindle PaperWhite é o melhor em relação custo-benefício e indicado para todos os tipos de leitores.

Esse é o queridinho dos leitores. Simplesmente porque apresenta o melhor custo benefício e, na maioria dos casos, atende bem a qualquer tipo de leitor. Para a alegria da nação, a Amazon também deu um upgrade no PaperWhite. Agora ele é à prova d’água, um recurso antes disponível apenas no Oasis. Só isso já um ponto de vantagem extremo e eu já digo para você clicar neste link agora e garantir a sua edição pelo melhor preço.

Em relação as diferenças contra o Básico, está na capacidade de armazenamento e, também, no aumento na densidade da tela. Agora, o Kindle PaperWhite conta com 8 GB na memória interna (e não é expansível). Considerando que um e-book raramente passa dos 5 MB, é possível ter milhares de livros. A memória, entretanto, é grande justamente porque o Kindle pode ser utilizado para áudio-livros que conseguem um volume mais considerado de espaço.

Com uma densidade de 300 ppi, é possível ler as fontes no menor tamanho disponível sem qualquer problema. A iluminação também é mais uniforme, por contar com 5 LEDs distribuídos. Por ser uma edição mais voltada para o público médio, já apresenta vários recursos interessantes. Entre eles, os dicionários integrados, as marcações instantâneas e as pesquisas rápidas na Wikipédia. O desempenho do hardware para essas operações é bem melhor que o básico.

Mas, nem tudo é um mar de rosas. Alguns problemas que vários usuários relatam sobre a edição é a ausência de resposta na tela. Em várias situações, os toques na tela são confundidos ou, pior ainda, não detectados. Não é exatamente um problema frequente, mas incomoda as vezes. Apesar de também contar com um teclado virtual, muitos afirmam que é uma tarefa quase que impossível de ser executada.

Vale a pena?

Eu diria que vale a pena para todos os leitores que não tem condições financeiras de comprar o modelo mais caro, Oasis. O PaperWhite garante uma excelente experiência e agora com proteção a prova d’água as coisas ficam ainda melhores. Se você nunca teve um Kindle, e aconselho que este seja o seu modelo escolhido.

Para comprar o Kindle PaperWhite em seu melhor preço, clique aqui.

Kindle Oasis

© Material de divulgação passível de direitos autorais.

Kindle Oasis

® Relate qualquer abuso de Uso Indevido de Imagem clicando aqui.

O Kindle Oasis é o melhor da linha Kindle. E não conta com nenhuma desvantagem.

O melhor modelos de todos é garantia completa de satisfação. Todos os problemas e desvantagens que os outros Kindle apresentam, este resolve. Assim como todas as vantagens nos demais estão ainda melhores neste. Um dos pontos substanciais neste modelo, entretanto, é a sua ergonomia. Com botões físicos e um centro de gravidade distribuído é uma delícia segurar e utilizar este aparelho.

Em relação aos demais aspectos, não há muito o que dizer. O hardware está melhor e mais rápido. A iluminação é perfeita e extremamente confortável. A densidade da tela é ainda melhor. E, destes, o destaque vai para a versão 2019, ainda não disponível no Brasil, que conta com possibilidade de ajustar a tonalidade da tela. Deixando ela mais quente – amarelada – ou mais fria – azulada.

Vale a pena?

Se você tem dinheiro para investir e adora ler muito. Sem dúvidas! Nem pense nas outras opções, aposte tudo que você tem no Oasis e não vai se arrepender. Por mais incrível e surreal que pareça a Amazon conseguiu produzir um aparelho que não apresenta qualquer defeito dentro do que ele foi projetado para fazer.

Para comprar o Kindle Oasis em seu melhor preço, clique aqui.

Resumindo…

O Kindle é uma excelente aquisição para leitores que estão cansados de utilizar celulares, tablets ou computadores para lerem, com praticidade, os seus livros preferidos. Nunca encontrei qualquer pessoa que tenha se arrependido da compra, mesmo para os leitores menos assíduos.

Se você quer garantir a melhor edição, o PaperWhite continua sendo a melhor indicação deste artigo. Entre por esse link e faça a sua compra. E, para encerrar, confira um compilado das vantagens destacada no artigo:

a) O aparelho é extremamente portável para viagens, para o aconchego da cama ou qualquer outro lugar;

b) Permite que você continue a leitura dos seus livros físicos em lugares onde não poderá levá-los;

c) Ajuda você selecionar melhor suas histórias e entender se vale a pena, ou não, comprar a edição física;

d) Garante leituras tão confortáveis quanto as das páginas de um livro.

Comentários

O blog Sentimento de Leitor disponibiliza o espaço do DISQUS para comentários e discussões dos temas apresentados no site, não se responsabilizando por opiniões, comentários e mensagens dos usuários sejam elas de qualquer natureza. Por favor respeite e siga nossas regras para participar. Compartilhe sua opinião de forma honesta, responsável e educada. Respeite a opinião dos demais. E, por favor, nos auxilie na moderação ao denunciar conteúdo ofensivo e que deveria ser removido por violar estas normas. Leia aqui os Termos de Uso e Responsabilidade .

A estrutura do site, bem como os textos, os gráficos, as imagens, as fotografias, os sons, os vídeos e as demais aplicações informáticas que os compõem são de propriedade do "Sentimento de Leitor" e são protegidas pela legislação brasileira e internacional referente à propriedade intelectual. Qualquer representação, reprodução, adaptação ou exploração parcial ou total dos conteúdos, marcas e serviços propostos pelo site, por qualquer meio que seja, sem autorização prévia, expressa, disponibilizada e escrita do site, é vedada, podendo-se recorrer às medidas cíveis e penais cabíveis. Leia aqui os Termos de Uso e Responsabilidade .

publicidade

quem escreve?

Mandy Ariani

Olá, eu me chamo Mandy! Sou apaixonada por livros, filmes, mangás e Jane Austen. Se você quer ficar por dentro do universo geek e literário, visite a gente!

colaboradores

publicidade

para te inspirar

Quando você abre o livro, é como num teatro: ali está a cortina. Você a arrasta para o lado, e a apresentação começa.

Cornelia FunkeCoração de Tinta, 2003.

os mais lidos do blog

editoras parceiras

2019

resenhas as mais recentes