Sentimento de Leitor

Juramos solenemente fazer boas recomendações
Imagem da Thumbnail para 36 Perguntas que Mudaram o que Sinto por Você
Resenhas

36 Perguntas que Mudaram o que Sinto por Você

13 jun 19 3 mins. de leitura
por Mandy Ariani
Esta publicação é fruto de uma PARCERIA

publicidade

Título 36 Perguntas que Mudaram o que Sinto por Você
Autor(a) Vicki Grant
Tradutor(a) Petê Rissati
Editora Galera Record
Páginas 252
Ano 2019
Hildy e Paul têm as próprias razões para participar de um estudo do departamento de psicologia da universidade local que tem o intuito de “facilitar uma proximidade pessoal e, talvez, resultar em um relacionamento”. O experimento consiste em 36 perguntas, algumas inofensivas, como Quando foi a última vez que cantou sozinho?; outras nem tanto, como Qual sua mais terrível memória? As questões ajudam os dois a desnudar para o outro — e para si mesmos — sentimentos muitas vezes reprimidos. Segredos são revelados; vulnerabilidades, expostas. Hildy e Paul chegam ao fim do questionário entre risos e lágrimas, e baiacus voadores! Mas a pergunta mais importante permanece: eles se apaixonaram?

Se você procura por um romance leve e descontraído, 36 Perguntas que Mudaram o que Sinto por Você se configura como uma ótima escolha. Afinal, essa ficção é baseada em um estudo real realizado em 1997 por Arthur Aron, no qual 36 perguntas devem ser respondidas por duas pessoas, sendo algumas relativamente normais e outras mais pessoais. A intenção desse experimento era testar a possibilidade de uma aproximação entre desconhecidos, gerando uma conexão através de suas respostas. Mais tarde esse processo foi popularizado pelo New York Times – através da coluna Modern Love. Dentro desse contexto, o romance entre Hildy  e Paul, protagonistas dessa história, é desenvolvido.

Pode o amor ser induzido?

Sem dúvidas, a premissa de 36 Perguntas que Mudaram o que Sinto por Você é muito interessante. Pois, é no mínimo diferente ver um relacionamento progredindo através de um estudo psicológico. Por sinal, esse é um dos pontos mais fortes desse livro. Grande parte das 36 perguntas são super intrigantes, e nós mal podemos esperar para ver as respostas do personagens, já que assim nós passamos a conhecê-los melhor.

Hildy e Paul são muito diferentes e cada um deles têm as suas próprias razões para participar desse experimento. Certamente, é legal termos dois personagens completamente distintos nesse cenário, já que assim eles podem reagir de formas diferentes ao estudo. De qualquer forma, Hildy é uma jovem esforçada, meio tímida, muito emotiva e pensa bastante antes de tomar qualquer decisão. Em contra partida, Paul se destaca – inicialmente – pelo seu jeito típico de bad boy com aquela pitada de mistério e sarcasmo. Não é segredo que vai haver um estranhamento entre eles, gerando diversos diálogos engraçados e bem humorados, mas sem deixar a profundidade de lado.

Sabe, acho que você está bem longe de ser tão mau quanto gosta de fingir que é. Vi aquela centelha de emoção verdadeira em seus olhos quando admitiu ter cantado para alguém, e seu sorriso… Quero dizer, seu sorriso, quando não está sendo totalmente desagradável comigo e ficando inexplicavelmente chateado com o mundo… É bonito, tipo, sabe, adorável.

publicidade

Apesar das diferenças, Hildy e Paul conversam muito bem na narrativa. Ambos têm seus problemas e estão, de certa forma, passando por uma fase difícil. Então, é impossível não torcer por esses dois e ficar com aquele sorrisinho no rosto durante algumas de suas conversas. Com um feeling meio comédia romântica que não abre mão de um bom drama, 36 Perguntas que Mudaram o que Sinto por Você pode não ser um romance de tirar o fôlego, mas é um livro ideal para sair de uma ressaca literária e ter uma leitura rápida e descontraída. Afinal, a escrita da autora flui facilmente com sua linguagem simples e direta.

Sendo um romance de apenas 252 páginas, os personagens secundários não tem muito espaço na trama. Portanto, a narrativa é realmente focada no casal protagonista. Porém, os coadjuvantes aparecem em momentos estratégicos e trazem um “algo a mais” para a trama, cumprindo seu papel.

Vou te ensinar uma coisa. O amor é como qualquer outra coisa. Você vai fazer besteira algumas vezes até acertar. Só não deixe de errar com vontade. Do contrário, não vale a pena.

Além disso, o projeto gráfico do livro está deslumbrante. Através de um capa linda e uma diagramação excelente, o Grupo Editorial Record, com certeza, conseguiu chamar a atenção dos leitores. E, ao longo da narrativa, também aparecem algumas ilustrações de Paul que dão um toque ainda mais especial ao enredo.

36 Perguntas que Mudaram o que Sinto por Você nos mostra que, de vez em quando, precisamos sair da nossa zona de conforto se quisermos conquistar nossos desejos. E, apesar de todos os riscos, devemos ao menos tentar conseguir aquele “sim”. Logo, se você procura um livro que tem como pano de fundo um contexto diferenciado, personagens cativantes e um romance super fofo, esse livro é para você! Não deixe de conhecer Hildy e Paul, e descubra quais foram os resultados desse experimento. Será que eles se apaixonaram? 

Comentários

O blog Sentimento de Leitor disponibiliza o espaço do DISQUS para comentários e discussões dos temas apresentados no site, não se responsabilizando por opiniões, comentários e mensagens dos usuários sejam elas de qualquer natureza. Por favor respeite e siga nossas regras para participar. Compartilhe sua opinião de forma honesta, responsável e educada. Respeite a opinião dos demais. E, por favor, nos auxilie na moderação ao denunciar conteúdo ofensivo e que deveria ser removido por violar estas normas. Leia aqui os Termos de Uso e Responsabilidade .

A estrutura do site, bem como os textos, os gráficos, as imagens, as fotografias, os sons, os vídeos e as demais aplicações informáticas que os compõem são de propriedade do "Sentimento de Leitor" e são protegidas pela legislação brasileira e internacional referente à propriedade intelectual. Qualquer representação, reprodução, adaptação ou exploração parcial ou total dos conteúdos, marcas e serviços propostos pelo site, por qualquer meio que seja, sem autorização prévia, expressa, disponibilizada e escrita do site, é vedada, podendo-se recorrer às medidas cíveis e penais cabíveis. Leia aqui os Termos de Uso e Responsabilidade .

publicidade

quem escreve?

Mandy Ariani

Olá, eu me chamo Mandy! Sou apaixonada por livros, filmes, mangás e Jane Austen. Se você quer ficar por dentro do universo geek e literário, visite a gente!

colaboradores

publicidade

para te inspirar

Palavras são, na minha nada humilde opinião, nossa inesgotável fonte de magia. Capazes de formar grandes sofrimentos e também de remediá-los.

J. K. RowlingHarry Potter, 1997-2007.

os mais lidos do blog

editoras parceiras

2019

resenhas as mais recentes

Instagram@sentimentodeleitor