Sentimento de Leitor

Juramos solenemente fazer boas recomendações
Imagem da Thumbnail para O Amor de Um Duque
Resenhas

O Amor de Um Duque

29 jun 19 4 mins. de leitura
por Juliana Sandis

publicidade

Título O Amor de Um Duque
Autor(a) Lorraine Heath
Tradutor(a) Daniela Rigon
Editora Harlequin Brasil
Páginas 320
Ano 2019
Gillie Trewlove sabe o valor da bondade de desconhecidos, já que foi abandonada ainda bebê na porta da mulher que a criou. Quando se depara com um homem sendo agredido em sua própria porta — ou melhor, no beco próximo da sua taverna —, ela não hesita em ajudá-lo. Porém, o homem é tão bonito que não pode pertencer a um lugar como Whitechapel, muito menos à cama de Gillie, na qual ele precisa ficar para se recuperar. O Duque de Thornley está tendo um péssimo dia. Ser abandonado no altar é humilhante, ser salvo de bandidos por uma mulher — ainda que uma mulher linda e corajosa — é mais ainda. Após ajudá-lo a se recuperar, Gillie concorda em acompanhá-lo pelas ruas sombrias de Londres em busca da noiva. No entanto, cada momento juntos os leva ao limite do desejo, e faz o duque repensar sua escolha a respeito do casamento. Gillie sabe que a aristocracia nunca iria aceitar uma duquesa como ela, mas Thorne está disposto a provar que nenhum obstáculo é insuperável diante do amor de um duque.

Amor de Um Duque é o segundo livro da série Desejo e Escândalo, e conta a história da irmã de Mike Trewlove, o protagonista do livro anterior. Inclusive, recomendo bastante que leiam a série na ordem, pois há a revelação de um segredo muito grande no primeiro livro. Sem mais delongas, vamos a resenha!

Gillie Trewlove foi abandonada na porta de uma viúva com não mais do que poucas horas de nascimento. E ela sabe que, por mais estranho que pareça, teve sorte: a Sra. Trewlove a acolheu e a criou como filha, e mesmo com todas as dificuldades, ela e os irmãos conquistaram um futuro digno. Gillie cresceu aprendendo a ser independente e forte, e agora como uma mulher adulta ela não tem outras pretensões além de administrar sua taverna, e ajudar quem pode.

Logo, quando um homem é agredido no beco próximo a sua taverna, ela não hesita em espantar os agressores e fazer o máximo para amparar o desafortunado. Gillie leva o rapaz para sua casa, preocupada com a extensão de seus ferimentos, mas também intrigada pelo seu lindo rosto e roupas caras. Afinal, o que um homem como aquele estaria fazendo num bairro tão pobre de Londres?

O Duque de Thornley, mais conhecido como Thorne, foi abandonado à beira do altar. Sua noiva fugiu, deixando poucas pistas de seu destino. Thorne passou o dia procurando por ela e para completar a onda de azar, acabou em uma zona perigosa da cidade quando escureceu. Quatro homens o assaltaram e o agrediram, e ele foi salvo de um destino pior por – pasmem – uma mulher.

Após se recuperar, Thorne pede a ajuda de Gillie para tentar encontrar sua noiva, uma vez que ela conhece muito mais dos arredores e das pessoas da região do que ele. Gillie concorda, mesmo com todos os alertas de sua cabeça de que, passar tanto tempo com um Duque encantador feito Thorne pode acarretar muitos perigos, inclusive para seu coração. Thorne não tenta esconder o quanto se sente atraído por Gillie, ela o intriga e o diverte, e quanto mais tempo eles passam juntos, mais essa paixão cresce.

Escolha alguém sem a qual você não possa viver, porque, se não for assim, descobrirá que não é capaz de viver.

Uma das características da autora, Lorraine Heath, é que ela gosta de trabalhar com personagens complexos e diferentes do comum em seus livros. Portanto, em Amor de Um Duque, temos a Gillie, com um passado super difícil, tendo que batalhar muito desde pequena até para ter o que comer. Além disso, a personagem também sofreu muito preconceito por ser uma bastarda – termo usado de forma pejorativa para filhos gerados fora do casamento. E, por ter sido abandonada, ela também tem que lidar com os perigos de ser uma mulher.

publicidade

Aliás, é muito interessante a discussão que esse livro possibilita sobre algo recorrente com o público feminino: o assédio. Inclusive, a mãe de Gillie, para protegê-la desse mal, fazia com que ela se vestisse como um menino enquanto crescia, com faixas nos seios e cabelo curto. Porém, no decorrer da história veremos como isto afetou a autoconfiança da nossa protagonista. No entanto, também veremos o quanto ela é determinada, forte, independente e, principalmente, caridosa.

Thorne, por sua vez, também não é um duque comum. Ele não é orgulhoso e cheio de si como estamos acostumadas em romances desse gênero, mas sim gentil, divertido, forte e cheio de paixão. Ele não tem vergonha da Gillie, nem do mundo no qual ela vive, e se dedica a conhecer mais da vida dela, e até a enfrentar os irmãos da moça para se manter por perto. Contudo, ao mesmo tempo, ele se enche de dúvidas entre seus deveres e o amor. Será que Gillie seria capaz de largar sua liberdade para viver no mundo dele, tão cheio de regras e preconceitos?

Como essa mulher conseguia fazê-lo ansiar e sentir necessidade de coisas que ele sempre havia considerado como vontades de um tolo?

Em Amor de Um Duque, a paixão entre os protagonistas não nasce do dia para a noite, mas se constrói aos pouquinhos, e faz com que o leitor se conecte com eles, e que sofra e anseie para que tudo dê certo. A escrita da autora é fluída e os capítulos são curtos. Então, minha crítica fica por conta da leve repetição de alguns temas e pensamentos dos personagens, principalmente, com relação às inseguranças da Gillie e a indecisão do Thorne, mas nada que prejudique a leitura. Os personagens secundários também são bem utilizados, os funcionários da taverna trazem momentos divertidos e os irmãos da Gillie demonstram sua lealdade e amor fraterno.

Não dá para esquecer que romances de época também costumam conter muita sensualidade, e com este não é diferente. Para quem não gosta de ler nada de cunho sexual, é um pouco complicado. Porém, para quem gosta, essa história é perfeita nesse eixo também, com cenas muito bem escritas.

© Material de divulgação passível de direitos autorais.

resenha-amor-deum-duque

® Relate qualquer abuso de Uso Indevido de Imagem clicando aqui.

No mais, Amor de Um Duque não traz uma grande reviravolta, como foi o caso do livro anterior, mas entrega um romance lindo, cheio de detalhes, capaz de te fazer refletir sobre alguns trechos, sofrer em outros ou simplesmente suspirar de amor pelas suas páginas. Eu terminei essa leitura com um quentinho no coração e uma baita curiosidade sobre suas continuações.

Comentários

O blog Sentimento de Leitor disponibiliza o espaço do DISQUS para comentários e discussões dos temas apresentados no site, não se responsabilizando por opiniões, comentários e mensagens dos usuários sejam elas de qualquer natureza. Por favor respeite e siga nossas regras para participar. Compartilhe sua opinião de forma honesta, responsável e educada. Respeite a opinião dos demais. E, por favor, nos auxilie na moderação ao denunciar conteúdo ofensivo e que deveria ser removido por violar estas normas. Leia aqui os Termos de Uso e Responsabilidade .

A estrutura do site, bem como os textos, os gráficos, as imagens, as fotografias, os sons, os vídeos e as demais aplicações informáticas que os compõem são de propriedade do "Sentimento de Leitor" e são protegidas pela legislação brasileira e internacional referente à propriedade intelectual. Qualquer representação, reprodução, adaptação ou exploração parcial ou total dos conteúdos, marcas e serviços propostos pelo site, por qualquer meio que seja, sem autorização prévia, expressa, disponibilizada e escrita do site, é vedada, podendo-se recorrer às medidas cíveis e penais cabíveis. Leia aqui os Termos de Uso e Responsabilidade .

publicidade

quem escreve?

Mandy Ariani

Olá, eu me chamo Mandy! Sou apaixonada por livros, filmes, mangás e Jane Austen. Se você quer ficar por dentro do universo geek e literário, visite a gente!

colaboradores

publicidade

para te inspirar

Quando acordei hoje de manhã, eu sabia quem eu era, mas acho que já mudei muitas vezes desde então.

Lewis CarrollAlice no País das Maravilhas, 1865.

os mais lidos do blog

editoras parceiras

2019

resenhas as mais recentes

Instagram@sentimentodeleitor