Sentimento de Leitor

Juramos solenemente fazer boas recomendações
Imagem da Thumbnail para As Três Partes de Grace
Resenhas

As Três Partes de Grace

11 out 19 3 mins. de leitura
por Mandy Ariani
Esta publicação é fruto de uma PARCERIA

publicidade

Título As Três Partes de Grace
Autor(a) Robin Benway
Tradutor(a) Natalie Gerhardt
Editora Galera Record
Páginas 322
Ano 2019
Grace acabou de ter uma filha. E a entregou para adoção. Não foi uma decisão fácil, já que a própria Grace é adotada. Como escolher uma família para sua bebê? Como ter certeza de que ela terá bons pais? Era de esperar que tudo isso fosse emoção suficiente na vida de uma adolescente, mas ela também acabou de descobrir que tem dois irmãos. Maya é a única integrante de cabelos escuros naquela família de ruivos. As fotos pela casa mostram como ela é diferente de seus pais e de sua irmã Lauren, filha biológica do casal. Quando a família começa a passar por problemas e tudo parece prestes a desmoronar, Maya não consegue parar de se perguntar se aquele é o seu lugar. Quem é sua família biológica? Onde está seu lar? Joaquin é o irmão mais velho. Ele nunca foi adotado. Chegou muito perto por muitas vezes, mas algo sempre acabava dando errado. Agora ele vive com uma boa família acolhedora, cheia de amor e vontade de adotá-lo, mas o garoto, prestes a completar dezoito anos, não sabe se deve mesmo acreditar que o destino está lhe dando chances de ser filho de alguém. Criar laços afetivos não é fácil quando se passou a vida inteira sendo abandonado. Mas talvez suas irmãs possam lhe ajudar a vencer essa barreira. Em vista por amor familiar, companheirismo e, no fim das contas, por não se sentir sozinho no mundo, Grace, Maya e Joaquin vão contar uns com os outros na procura pela mãe biológica. E por si próprios.

As Três Partes de Grace, de Robin Benway, chegou em minhas mãos através de um envio muito especial do Grupo Editorial Record, que proporciona – aos parceiros e influenciadores – a possibilidade de ler a obra selecionada antecipadamente. Portanto, além de ficar feliz com essa perspectiva, posso dizer que me apaixonei por este livro assim que o vi. Afinal, fatores como um projeto gráfico caprichoso e delicado, assim como a promessa de uma narrativa emocionante, nunca passam despercebidos!

Tendo recebido importantes prêmios literários como o National Book Award e o PEN America Award, As Três Partes de Grace cativou diversos leitores com a história de três irmãos: Grace, Maya e Joaquin. Porém, eles não como a maioria dos irmãos que conhecemos, na verdade, os três vivem vidas separadas desde que entraram no processo de adoção.

[…] porque garotos que engravidam garotas são considerados heróis, enquanto garotas que engravidam são xingadas de piranha.

O desenrolar da trama se inicia a partir de Grace, uma jovem que está passando por um momento tremendamente difícil. Após engravidar do seu, até então, namorado com apenas 16 anos, Grace precisa pausar os estudos e, ainda, lidar com o fato de que não tem condições financeiras para manter a sua bebê, apelidada carinhosamente de “pesseguinha”.

Logo, a única saída que Grace encontra é entregar sua filha para a adoção, mesmo que isso encha seu coração de tristeza e aflição. Contudo, as coisas são ainda mais complicadas para a nossa protagonista, que também foi adotada e teme pelo destino da “pesseguinha”.

Perdida e sem perspectivas, Grace decide conhecer um pouco mais sobre sua história e, ao procurar por sua mãe, ela descobre que tem dois irmãos. Maya, que foi adotada ainda bebê, e não tem vivido de forma muito acalentadora, já que seus pais estão sempre brigando e o sentimento de deslocamento está sempre presente. Em contra partida, Joaquin nunca foi adotado e viveu uma trajetória triste que o faz questionar se, realmente, ele merece ser acolhido por uma família.

publicidade

Pesseguinha era perfeita. Grace não.

E Pesseguinha merecia a perfeição.

Sem dúvidas, As Três Partes de Grace aborda com delicadeza a temática da adoção e os conceitos de família, prometendo mostrar ao leitor que até o coração mais ferido pode ser curado quando há amor, além de nos ensinar que os laços familiares podem ir muito além do laço sanguíneo.

Os protagonistas são o ponto forte do livro, e nos conquistam com suas personalidades e despertam nossa mais sincera empatia por suas histórias. Grace, Maya e Joaquin passam por problemas diferentes, então é muito interessante vê-los tentando se encontrar e, até mesmo, se ajudar nesse caminho que pode, muitas vezes, ser bastante cruel.

[…] as palavras tinham o potencial de cortar mais que o estilhaçado contra a parede, de machucar mais que um soco na boca.

Através de uma escrita comovente, Benway consegue conquistar os leitores com uma narrativa que aborda família, amor, fraternidade, perdas, recomeços, acolhimento e muito mais. Então, se você gosta de narrativas que entrelaçam vidas e personagens de uma maneira incrível, As Três Partes de Grace não vai lhe decepcionar, e te fará pensar sobre Grace, Maya e Joaquin por muito tempo.

Comentários

O blog Sentimento de Leitor disponibiliza o espaço do DISQUS para comentários e discussões dos temas apresentados no site, não se responsabilizando por opiniões, comentários e mensagens dos usuários sejam elas de qualquer natureza. Por favor respeite e siga nossas regras para participar. Compartilhe sua opinião de forma honesta, responsável e educada. Respeite a opinião dos demais. E, por favor, nos auxilie na moderação ao denunciar conteúdo ofensivo e que deveria ser removido por violar estas normas. Leia aqui os Termos de Uso e Responsabilidade .

A estrutura do site, bem como os textos, os gráficos, as imagens, as fotografias, os sons, os vídeos e as demais aplicações informáticas que os compõem são de propriedade do "Sentimento de Leitor" e são protegidas pela legislação brasileira e internacional referente à propriedade intelectual. Qualquer representação, reprodução, adaptação ou exploração parcial ou total dos conteúdos, marcas e serviços propostos pelo site, por qualquer meio que seja, sem autorização prévia, expressa, disponibilizada e escrita do site, é vedada, podendo-se recorrer às medidas cíveis e penais cabíveis. Leia aqui os Termos de Uso e Responsabilidade .

publicidade

quem escreve?

Mandy Ariani

Olá, eu me chamo Mandy! Sou apaixonada por livros, filmes, mangás e Jane Austen. Se você quer ficar por dentro do universo geek e literário, visite a gente!

colaboradores

publicidade

para te inspirar

Quando você abre o livro, é como num teatro: ali está a cortina. Você a arrasta para o lado, e a apresentação começa.

Cornelia FunkeCoração de Tinta, 2003.

os mais lidos do blog

editoras parceiras

2019

resenhas as mais recentes

Instagram@sentimentodeleitor