Sentimento de Leitor

Juramos solenemente fazer boas recomendações
Imagem da Thumbnail para Caraval por Stephanie Garber
Resenhas

Caraval por Stephanie Garber

24 mar 19 4 mins. de leitura
por Mandy Ariani
Esta publicação é fruto de uma PARCERIA

publicidade

Título Caraval
Autor(a) Stephanie Garber
Editora Novo Conceito
Páginas 400
Ano 2017
Scarlett nunca saiu da pequena ilha onde ela e sua irmã, Donatella, vivem com seu cruel e poderoso pai, o Governador Dragna. Desde criança, Scarlett sonha em conhecer o Mestre Lenda do Caraval, e por isso chegou a escrever cartas a ele, mas nunca obtivera resposta. Agora, já crescida e temerosa do pai, ela está de casamento marcado com um misterioso conde, e certamente não terá mais a chance de encontrar Lenda e sua trupe, mas isso não a impede de escrever uma carta de despedida a ele. Dessa vez o convite para participar do Caraval finalmente chega à Scarlett. No entanto, aceitá-los está fora de cogitação, Scarlett não pretende desobedecer ao pai. Sendo assim, Donattela, com a ajuda de um misterioso marinheiro, sequestra e leva Scarlett para o espetáculo. Mas, assim que chegam, Donattela desaparece, e Scarlett precisa encontrá-la o mais rápido possível. O Caraval é um jogo elaborado, que precisa de toda a astúcia dos participantes. Será que Scarlett saberá jogar? Ela tem apenas cinco dias para encontrar sua irmã e vencer esta jornada.

Caraval é o livro de estreia da escritora Stephanie Garber, e se querem saber minha opinião, ela acertou em cheio. Afinal, a leitura dessa obra literária é super envolvente e – com certeza – vai intrigar o leitor! O segundo exemplar da trilogia já está em pré-venda no Brasil, então deixo um “obrigado” para a Novo Conceito, que nos trouxe essa história sensacional!

Há diversas coisas que eu amo encontrar nos livros, dentre elas, uma proposta interessante e original. Portanto, fico feliz em dizer que Caraval conseguiu alcançar esse objetivo através dos seus conceitos super intrigantes que foram desenvolvidos na história. Mas afinal, do que se trata o livro?

Nessa trama, nós seremos apresentados a duas irmãs, Scarlett e Donattela. Ambas tem vivido, praticamente, como prisioneiras na Ilha Conquistada de Trisda, pois o pai das meninas é extremamente rigoroso e as pune com castigos físicos e psicológicos. Então, uma das coisas que as animavam – desde crianças – eram as histórias incríveis que sua avó contava sobre o Caraval – um espetáculo inacreditável com atores profissionais, no qual os participantes poderiam escolher entre participar de uma caça ao tesouro para ganhar um grande prêmio ou apenas assistir ao show.

O que quer que tenha ouvido sobre o Caraval não se compara à realidade. É mais do que só um jogo ou apresentação. É a coisa mais parecida com magia que você verá neste mundo.

Logo, Scarlett, a irmã mais velha, começou a mandar cartas esperançosas para o Mestre Lenda, o criador do Caraval. Inacreditavelmente, depois de muitos anos, ela conseguiu uma reposta e foi oficialmente convidada para participar do Caraval que ocorreria naquele ano, podendo levar – até mesmo – algum acompanhante. Contudo, apesar da oportunidade única que recebera, Scarlett não estava disposta a arriscar a segurança dela e da irmã, afinal ela bem sabia o que seu pai era capaz de fazer para castigá-la.

Entretanto, Scarlett não imaginava que Donatella, sua irmã mais nova e super inconsequente, fosse arriscar tudo para levá-las até aquele espetáculo. Mas será que Scarlett está pronta para adentrar nesse mundo de intrigas, onde a fantasia e a realidade se misturam de uma forma jamais vista?!

O que acontece atrás destes portões pode assustar ou encantar, o importante é que nada o engane. Tentaremos convencê-lo de que é real, porém tudo é teatro. Um mundo feito de faz de conta. Então, apesar de querermos vê-lo arrebatado, cuidado: não se deixe levar longe demais.

publicidade

É impossível não se encantar pelo mundo de Caraval, e com o passar da leitura nós só queremos entender esse universo, que pode ser tanto fascinante quanto perigoso.  A escrita da Stephanie Garber flui facilmente, então a leitura não exige muito do leitor e quando nos damos conta já estamos no final do livro.

Talvez uma das coisas mais lindas em Caraval seja o amor fraternal, o livro desenvolveu muito bem esse sentimento forte e puro entre as duas irmãs. Foi, simplesmente, maravilhoso acompanhar o que cada uma delas faz para manter o bem estar da outra.

E, definitivamente, um dos pontos fortes de Caraval são as reviravoltas, o livro nos passa uma sensação de que finalmente estamos desvendando o mistério, mas logo depois nós vemos que não sabemos de absolutamente nada! A capacidade da autora de brincar com o leitor é espetacular!

Além disso, é muito bacana acompanhar os personagens dessa história, afinal todos eles têm os seus medos, objetivos e esperanças. Então, ver o Caraval colocar tudo isso em teste nos deixa com o coração na mão, mas também amadurece os protagonistas de uma forma tangível. Durante a leitura, nós só queremos que eles consigam vencer o jogo e descubram seus grandes mistérios – para que nós, leitores, finalmente possamos deixar o livro de lado e ir dormir hahaha.

Entretanto, houveram algumas coisas que eu gostaria de ter visto mais em Caraval, por exemplo, na minha concepção faltou uma interação maior com outros participantes do jogo. A história ficou muito focada em certos personagens, esquecendo de desenvolver experiência de outros participantes. Ademais, nesse primeiro livro, a escritora não explicou a lógica por trás do Caraval ou como tantas coisas são possíveis em um mundo “não mágico”. Então, espero descobrir tais respostas nos próximos volumes da trilogia.

Antes, Scarlett sempre sentia que não tinha escolha. Agora, começava a perceber que tinha. Só precisava ser corajosa o bastante para fazer as escolhas difíceis.

Enfim, a leitura de Caraval não poderia ter sido mais arrebatadora, e eu mal posso esperar para ter o segundo volume em mãos! Se você gosta de livros com bons mistérios, aventuras e um romance na dose certa, não deixe de adquirir seu exemplar. A edição da Novo Conceito está sensacional, é com certeza um dos livros mais bonitos da minha estante!

Comentários

O blog Sentimento de Leitor disponibiliza o espaço do DISQUS para comentários e discussões dos temas apresentados no site, não se responsabilizando por opiniões, comentários e mensagens dos usuários sejam elas de qualquer natureza. Por favor respeite e siga nossas regras para participar. Compartilhe sua opinião de forma honesta, responsável e educada. Respeite a opinião dos demais. E, por favor, nos auxilie na moderação ao denunciar conteúdo ofensivo e que deveria ser removido por violar estas normas. Leia aqui os Termos de Uso e Responsabilidade .

A estrutura do site, bem como os textos, os gráficos, as imagens, as fotografias, os sons, os vídeos e as demais aplicações informáticas que os compõem são de propriedade do "Sentimento de Leitor" e são protegidas pela legislação brasileira e internacional referente à propriedade intelectual. Qualquer representação, reprodução, adaptação ou exploração parcial ou total dos conteúdos, marcas e serviços propostos pelo site, por qualquer meio que seja, sem autorização prévia, expressa, disponibilizada e escrita do site, é vedada, podendo-se recorrer às medidas cíveis e penais cabíveis. Leia aqui os Termos de Uso e Responsabilidade .

publicidade

quem escreve?

Mandy Ariani

Olá, eu me chamo Mandy! Sou apaixonada por livros, filmes, mangás e Jane Austen. Se você quer ficar por dentro do universo geek e literário, visite a gente!

colaboradores

publicidade

para te inspirar

Quando você abre o livro, é como num teatro: ali está a cortina. Você a arrasta para o lado, e a apresentação começa.

Cornelia FunkeCoração de Tinta, 2003.

os mais lidos do blog

editoras parceiras

2019

resenhas as mais recentes

Instagram@sentimentodeleitor