Sentimento de Leitor

Juramos solenemente fazer boas recomendações
Imagem da Thumbnail para Como Encantar um Canalha
Resenhas

Como Encantar um Canalha

30 jul 19 3 mins. de leitura
por Juliana Sandis

publicidade

Título Como Encantar um Canalha
Autor(a) Suzanne Enoch
Tradutor(a) Thalita Uba
Editora Harlequin Brasil
Páginas 320
Ano 2019
Evelyn, uma jovem obstinada, promete se vingar de um dos canalhas mais infames de Londres. Mas, quando o cafajeste vira o jogo, quem vai realmente aprender uma lição sobre do que o amor é capaz? Nas ruas, ele é chamado ironicamente de "Santo", mas o marquês de St. Aubyn merece sua reputação como o maior canalha de Londres. Evie sabe que deve evitá-lo, mas ela quer ajudar as crianças do orfanato, e ele preside o conselho dos administradores. Quando Santo nega seu pedido para ser voluntária no Coração da Esperança, ela decide que o homem precisa aprender uma lição. Ela só precisa descobrir como resistir aos encantos daquele mulherengo. Para Santo, a ideia de ceder a uma mulher como Evie é impensável. Ele não quer se tornar outro projeto de caridade em suas mãos, mas a moça se recusa a desistir. Que outra opção ele tem a não ser seduzir a dama? Porém, ele não esperava ser seduzido pelo doce coração da mulher. A tentação de passar longas noites nos braços dela poderia provocar o impossível? Será que o mais conhecido cafajeste de Londres poderia mudar?

Como Encantar Um Canalha dá sequência a série de livros que iniciou com Como se Vingar de Um Cretino, mas pode ser lido separadamente, sem grandes problemas além de spoilers do casal do romance anterior. O livro tem previsão de lançamento para 12 de Agosto de 2019.

Como Encantar Um Canalha

Evelyn Ruddick quer ter um propósito maior na vida do que apenas participar de bailes, dançar e conversar com as pessoas que o irmão dela considera importantes para a carreira política dele. Então, após fazer uma visita ao Orfanato Coração da Esperança, Evelyn se encanta pela ideia de poder fazer algo para ajudar aquelas crianças. Mas há um grande obstáculo: para ser voluntária no orfanato, Evie precisa de aprovação do conselho de administradores, que é presidido por ninguém menos que o Marquês de St Aubyn, ironicamente conhecido como “Santo”, mas que é o maior canalha de Londres.

Quando Santo nega seu pedido para ser voluntária, Evie decide, primeiramente, que não irá desistir do que deseja, e também que ela precisa ensinar a esse homem com o coração de pedra a levar uma mulher a sério. Porém, Santo não tem tempo, nem paciência, para lidar com garotas intrometidas, ainda mais, quando ele já tem planos para aquele orfanato.

E, na verdade, ele tem orgulho de sua reputação de canalha, ele está acostumado a se divertir com as mulheres e a não se apegar a nenhuma delas, portanto é inconcebível que uma garota como Evie cause tanto efeito sobre ele. Mas ao mesmo tempo que o irrita, a jovem também o atrai em demasia. Santo precisa provar que o que está sentindo é apenas desejo; precisa seduzir Evelyn para saciar esse desejo e seguir em frente. Mas e se o jogo desses dois se tornar mais do que isso?

O único momento em que se sentia um pouquinho como si mesmo era quando estava na presença dela.

publicidade

Evelyn é muito inteligente, sagaz e tem um coração enorme. No começo da história vemos que ela ainda está aprendendo a encaminhar a própria vida e lutar pelo que quer, por isso ela tem seus altos e baixos. Por exemplo, ao mesmo tempo em que demonstrava muita atitude para lidar com o Santo, perdia toda a coragem para encarar o próprio irmão, o que era uma pena.

Além disso, gostei muito da interação dela com as crianças do orfanato, do fato de que ela teve que abrir sua mente e aprender com eles para poder se aproximar e ajudá-los. Mas isso não é o principal, porque essa mocinha aparentemente certinha promove uma das situações mais malucas que eu já vi em um romance! Não contarei o que ela faz para não estragar a surpresa, mas fica a dica: não a subestimem! E depois disso a história dá uma virada incrível.

Santo, por sua vez, é um canalha na mais pura definição da palavra. Ele é conhecido por seduzir mulheres e ser convocado para duelos com os maridos delas. Ele é super encantador quando quer, mas na maior parte do tempo se esconde atrás de uma máscara de cinismo e desprezo pelas coisas. Tente não odiá-lo nesse começo da história. Será um longo processo até descongelar esse coração de gelo que ele tem, mas é muito legal ver Evie, e todos os sentimentos que ela desperta nele, transformá-lo. Eu terminei a leitura de Como Encantar Um Canalha completamente apaixonada por esse marquês.

A questão não era se ele seria feliz com ela, mas se ele sequer conseguiria viver sem ela.

O casal briga como cão e gato, o que deixa tudo mais divertido, e possuem uma química inegável. Entre os personagens secundários, se destacam o irmão e a mãe da Evelyn, que são detestáveis, mas necessários para trazer algum antagonismo para a trama. As amigas da Evie também aparecem em vários momentos para tentar protegê-la ou simplesmente darem seu apoio.

A escrita da Suzanne é bastante fácil, equilibrando descrições e diálogos, e os capítulos do livro são curtos. No geral, eu diria que Como Encantar Um Canalha é uma história sobre um amor improvável e lindo, uma história que traz grandes transformações, e surpresas que mantém o leitor sempre curioso. Estou ansiosa pelos próximos volumes da série. Recomendo bastante, e se ler, me conta o que achou!

Comentários

O blog Sentimento de Leitor disponibiliza o espaço do DISQUS para comentários e discussões dos temas apresentados no site, não se responsabilizando por opiniões, comentários e mensagens dos usuários sejam elas de qualquer natureza. Por favor respeite e siga nossas regras para participar. Compartilhe sua opinião de forma honesta, responsável e educada. Respeite a opinião dos demais. E, por favor, nos auxilie na moderação ao denunciar conteúdo ofensivo e que deveria ser removido por violar estas normas. Leia aqui os Termos de Uso e Responsabilidade .

A estrutura do site, bem como os textos, os gráficos, as imagens, as fotografias, os sons, os vídeos e as demais aplicações informáticas que os compõem são de propriedade do "Sentimento de Leitor" e são protegidas pela legislação brasileira e internacional referente à propriedade intelectual. Qualquer representação, reprodução, adaptação ou exploração parcial ou total dos conteúdos, marcas e serviços propostos pelo site, por qualquer meio que seja, sem autorização prévia, expressa, disponibilizada e escrita do site, é vedada, podendo-se recorrer às medidas cíveis e penais cabíveis. Leia aqui os Termos de Uso e Responsabilidade .

publicidade

quem escreve?

Mandy Ariani

Olá, eu me chamo Mandy! Sou apaixonada por livros, filmes, mangás e Jane Austen. Se você quer ficar por dentro do universo geek e literário, visite a gente!

colaboradores

publicidade

para te inspirar

Só se vê bem com o coração. O essencial é invisível aos olhos. Os homens esqueceram essa verdade, mas tu não a deves esquecer. Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas.

Antoine de Saint-ExupéryO Pequeno Príncipe, 1943.

os mais lidos do blog

editoras parceiras

2019

resenhas as mais recentes

Instagram@sentimentodeleitor