Sentimento de Leitor

Juramos solenemente fazer boas recomendações
Imagem da Thumbnail para Corte de Espinhos e Rosas por Sarah J. Maas
Resenhas

Corte de Espinhos e Rosas por Sarah J. Maas

17 fev 19 4 mins. de leitura
por Mandy Ariani

publicidade

Título Corte de Espinhos e Rosas
Autor(a) Sarah J. Maas
Editora Galera Record
Páginas 434
Ano 2015
Nesse misto de A Bela e A Fera e Game of Thrones, Sarah J. Maas cria um universo repleto de ação, intrigas e romance. Depois de anos sendo escravizados pelas fadas, os humanos conseguiram se libertar e coexistem com os seres místicos. Cerca de cinco séculos após a guerra que definiu o futuro das espécies, Feyre, filha de um casal de mercadores, é forçada a se tornar uma caçadora para ajudar a família. Após matar uma fada zoomórfica transformada em lobo, uma criatura bestial surge exigindo uma reparação. Arrastada para uma terra mágica e traiçoeira — que ela só conhecia através de lendas —, a jovem descobre que seu captor não é um animal, mas Tamlin, senhor da Corte Feérica da Primavera. À medida que ela descobre mais sobre este mundo onde a magia impera, seus sentimentos por Tamlin passam da mais pura hostilidade até uma paixão avassaladora. Enquanto isso, uma sinistra e antiga sombra avança sobre o mundo das fadas e Feyre deve provar seu amor para detê-la… ou Tamlin e seu povo estarão condenados.

Não é segredo para ninguém o sucesso que Corte de Espinhos e Rosas está fazendo entre o público de leitores. A capacidade da Sarah J. Maas de criar universos completamente novos – e mágicos – não deixa de nos surpreender, e há diversas razões para isso. Protagonistas fortes e determinados, personagens cativantes, um mundo repleto de magia, e muita emoção. Essas são algumas das características mais presentes nas obras da nossa querida autora. Vem conferir essa história!

O enredo de Corte de Espinhos e Rosas nos presenteia com a história da Feyre, a filha caçula de uma família desafortunada. Após seu pai perder toda a sua fortuna, e com ela sua força de vontade, Feyre precisou cumprir a promessa que fizera a mãe antes desta morrer. Ela prometeu que cuidaria do pai e das duas irmãs, mas naquele momento era impossível prever o quão difícil seria manter esse juramento. Afinal, suas irmãs só sabiam reclamar, enquanto seu pai não movia um dedo para lhe ajudar. Feyre, até mesmo, precisava caçar para que todos pudessem comer, mas isso não era nada fácil, e ela odiava voltar para casa sem nada.

Era tudo o que eu podia fazer, tudo o que tinha conseguido fazer havia anos: me concentrar em sobreviver à semana, ao dia, à próxima hora.

Em um desses episódios de caça, nossa protagonista se deparou com um lindo e gigante lobo – diferente de qualquer coisa que ela já tivesse visto. Logo, por necessidade, e até um pouco de raiva, Feyre atirou uma flecha de freixo contra o animal e o matou. Contudo, o que era para ser uma forma de ajudar seus parentes, se transformou em seu pior pesadelo. Feyre  não sabia ainda, mas ela havia assassinado um feérico.

Mas o que é um feérico? Bem, os feéricos são criaturas mágicas e poderosas, e por isso muitos deles achavam que os mortais deveriam servi-los sem contestar. Por isso, há muito tempo atrás o reino dos feéricos – Prythian – foi dividido e separado das terras humanas por uma muralha gigante.  Tal ação foi necessária porque humanos e feéricos foram à guerra, então depois de muitas mortes em ambos os lados, um acordo foi feito.

Obviamente, os feéricos não iriam esquecer a ousadia de uma mera humana, então em uma noite qualquer, o destino de Feyre mudou para sempre. Sem querer, a nossa personagem acordou a ira de um Grão-Feérico chamado Tamlim, o senhor da Corte Primaveril, e ele vai até a sua casa lhe dar uma punição adequada pelo pecado que ela cometera. Porém, após seu pai implorar por sua vida, Tamlim resolve que o castigo de Feyre será viver entre o povo que ela tanto odeia para sempre.

Um dos Grão-Feéricos poderia transformar nossos ossos em pó a 100 metros de distância.

publicidade

No primeiro volume de Corte de Espinhos e Rosas, foi possível perceber diversas semelhanças com outras histórias, inclusive a autora foi inspirada pelo conto de fadas A Bela e a Fera. Sem dúvidas, um dos pontos chaves do livro é o conceito mágico desenvolvido, bem como o reino de Prythian. Os leitores irão se deparar com criaturas malévolas, e um mundo cheio de artifícios para te encantar enquanto te faz esquecer do perigo que ali habita. E se você, leitor, gosta de cenários bem descritos, esse livro não irá te decepcionar!

O amadurecimento da protagonista também é algo que o leitor vai adorar acompanhar. Desde o começo, Feyre já mostra que não é uma heroína típica – você vai entender -, então é muito legal ver a sua lealdade, esperteza e força em ação. Feyre nos mostra que qualquer mulher pode ser excepcional, mesmo sendo uma simples humana em um mundo de feéricos.

Agradeça por seu coração humano, Feyre. Tenha piedade daqueles que não sentem nada.

Os personagens de Corte de Espinhos e Rosas são muito interessantes, e queremos conhecer os coadjuvantes tanto quanto os protagonistas. Todos têm as suas mágoas, um fardo para carregar e estão – à sua maneira – lutando contra alguma coisa. Certamente, o leitor ficará curioso para saber onde eles irão parar nos próximos volumes da série!

Porque sua alegria humana me fascina, o modo como vivencia as coisas em sua curta existência, tão selvagem e intensamente e tudo de uma vez, é… hipnotizante. Sou atraído por isso, mesmo quando sei que não deveria, mesmo quando tento não ser.

Alguns elementos do livro, no entanto, foram bastante previsíveis, mas a autora soube contornar isso adicionando algumas situações bem inesperadas e que vão deixar qualquer leitor com o coração na mão. Além disso, Sarah J. Maas oferece uma narrativa muito fluida, então é uma leitura fácil e que não exige muito do leitor.

Enfim, se você gosta de fantasias recheadas de magia, ação e um romance na dose certa. Então, esse livro é para você! E não podemos esquecer que a edição lançada pela editora Galera Record é uma coisa encantadora de se ver, com certeza um dos livros mais lindos da minha estante. Não deixe de garantir um exemplar!

Comentários

O blog Sentimento de Leitor disponibiliza o espaço do DISQUS para comentários e discussões dos temas apresentados no site, não se responsabilizando por opiniões, comentários e mensagens dos usuários sejam elas de qualquer natureza. Por favor respeite e siga nossas regras para participar. Compartilhe sua opinião de forma honesta, responsável e educada. Respeite a opinião dos demais. E, por favor, nos auxilie na moderação ao denunciar conteúdo ofensivo e que deveria ser removido por violar estas normas. Leia aqui os Termos de Uso e Responsabilidade .

A estrutura do site, bem como os textos, os gráficos, as imagens, as fotografias, os sons, os vídeos e as demais aplicações informáticas que os compõem são de propriedade do "Sentimento de Leitor" e são protegidas pela legislação brasileira e internacional referente à propriedade intelectual. Qualquer representação, reprodução, adaptação ou exploração parcial ou total dos conteúdos, marcas e serviços propostos pelo site, por qualquer meio que seja, sem autorização prévia, expressa, disponibilizada e escrita do site, é vedada, podendo-se recorrer às medidas cíveis e penais cabíveis. Leia aqui os Termos de Uso e Responsabilidade .

publicidade

quem escreve?

Mandy Ariani

Olá, eu me chamo Mandy! Sou apaixonada por livros, filmes, mangás e Jane Austen. Se você quer ficar por dentro do universo geek e literário, visite a gente!

colaboradores

publicidade

para te inspirar

Quando acordei hoje de manhã, eu sabia quem eu era, mas acho que já mudei muitas vezes desde então.

Lewis CarrollAlice no País das Maravilhas, 1865.

os mais lidos do blog

editoras parceiras

2019

resenhas as mais recentes

Instagram@sentimentodeleitor