Sentimento de Leitor

Juramos solenemente fazer boas recomendações
Imagem da Thumbnail para Milagre na 5ª Avenida
Resenhas

Milagre na 5ª Avenida

17 jun 19 5 mins. de leitura
por Juliana Sandis

publicidade

Título Milagre na 5ª Avenida
Autor(a) Sarah Morgan
Tradutor(a) William Zeytoulian
Editora Harlequin Brasil
Páginas 320
Ano 2019
O amor chega para todos ― seja sonhando com ele ou fugindo o máximo que pode. Após Amor em Manhattan e Pôr do Sol no Central Park, Sarah Morgan volta com outra história que vai fazer você suspirar. Eva Jordan ama tudo que envolve o Natal. Romântica incurável, ela passará as festas sozinha esse ano, mas nada destrói sua fé inabalável no amor e nas coisas boas da vida. Quando ela tem a oportunidade de decorar a casa de um escritor rico e famoso na 5ª Avenida, aceita sem pensar duas vezes. O que Eva não esperava, no entanto, é que a casa estaria ocupada por seu recluso ― e misterioso ― dono. Lucas Blade é especialista em escrever cenas aterrorizantes, mas é o Natal que está sendo seu maior pesadelo. Há poucas semanas do prazo final de entrega de seu próximo livro, ele ainda não tem uma história ― nem mesmo um personagem principal! Além disso, o aniversário da morte de sua esposa está chegando, o que o deixa imerso em uma névoa carregada de dor e luto. Eva vive em seu planeta particular e Lucas em um mundo de dor e desconfiança. O que a vida mostra a eles é que duas pessoas diferentes podem ter mais em comum do que imaginam ― incluindo uma atração inegável um pelo outro.

Milagre na 5ª Avenida é o terceiro livro da série Para Nova York, Com Amor. Esse volume nos presenteia com a história de Eva Jordan, a terceira amiga e sócia da empresa Gênio Urbano, junto de Paige e Frankie. Eva é responsável principalmente pela organização do buffet e de toda a comida servida durante os eventos mas, com o negócio ainda em crescimento, todas fazem um pouco de tudo.

O mais recente trabalho da nossa protagonista é um tanto peculiar: a pedido de sua amiga, Mitzy, uma senhorinha muito querida e uma de suas primeiras clientes, Eva deverá decorar a casa do seu neto para o natal, além de encher a geladeira dele com comidas saudáveis. Tudo isso enquanto o misterioso neto, Lucas Blade, estaria fora de casa em um retiro para escritores. Sem outros grandes planos para o período de natal, Eva aceita o serviço, mas é surpreendida ao chegar ao apartamento e descobrir que Lucas, não só não viajou para lugar algum, como não estava nada interessado em ter uma mulher invadindo seu período de reclusão.

© Material de divulgação passível de direitos autorais.

Série Para Nova York com amor

® Relate qualquer abuso de Uso Indevido de Imagem clicando aqui.

Série Para Nova York, Com Amor.

Lucas Blade não tem tempo para perder com decorações de natal, aliás, nem muito tempo para comida, uma vez que a data de entrega de seu novo livro está se aproximando rapidamente. O maior problema? Ele não tem nenhum livro para entregar aos seus editores, nem mesmo uma única linha escrita. Ele está desesperado. É por isso que, mesmo que no início ele tente de tudo para fazer Eva ir embora, quando a mulher se torna uma súbita inspiração para uma personagem, Lucas não poderá deixar sua fonte de ideias simplesmente partir.

– Você é uma romântica inveterada esperando pelo Príncipe Encantado?
– Não, mas até você concordará que o Príncipe Encantado é mais atraente do que o Jack, O Estripador.
– Mais atraente, mas menos interessante. Garanto que até o Príncipe Encantado tem um lado sombrio.
– Não quero nem pensar nisso.

Eva vive em seu próprio mundo. Ela é extrovertida, animada, afetuosa, não tem papas na língua e encanta com facilidade as pessoas ao seu redor. Desde Amor em Manhattan, vemos que ela é a mais romântica e mais sonhadora das três amigas. Se ela tiver qualquer chance de viver uma história de conto de fadas, Eva agarrará essa oportunidade. Mas enquanto o grande amor de sua vida não aparece, nossa protagonista também aceita se divertir. E olha, ela precisa muito de uma distração. Eva perdeu a avó há um ano, e ela era a única família que ela tinha. Portanto, apesar de toda a alegria e otimismo que Eva tenta demonstrar, ela ainda não superou essa perda, nem sabe quando será capaz de superar essa dor. Suas amigas estão sempre por perto, mas ela faz o máximo para não manifestar nada e acabar por preocupá-las.

Não quero ser uma nuvem escura no dia de ninguém. É melhor ser um raio de sol do que chuva.

publicidade

Lucas, por sua vez, é o completo oposto de Eva. Ele acredita em contos de terror, não contos de fada. Ele é fechado, sarcástico e individualista, mas também genial – uma vez que é um escritor de suspense de sucesso. Nosso protagonista é também um viúvo, sua esposa faleceu há três anos e ele não tem o menor interesse de se envolver com alguém de novo. Porém, quando Eva surge feito um furacão em sua vida, não há muito o que ele possa fazer para resistir. Infelizmente, ao passo em que Lucas demonstra para Eva que compreende a dor que ela sente, a dor de perder alguém que ama, ele tem muita dificuldade em expressar quaisquer outros sentimentos, o que é frustrante em vários momentos.

Sei como é perder alguém que se ama. Você acha que está bem, que tudo está sob controle e então, do nada, vem tudo de novo. É como estar navegando em um oceano tranquilo e, de repente, quase ser derrubado do barco por uma onda gigante.

Eu gostei bastante do fato de que eles não superam todas as dificuldades de uma só vez. O relacionamento dos personagens é bem trabalhado pela autora, começando devagar, com ambos tentando negar essa atração, passando então para diversão sem compromisso, enquanto o casal modifica a vida um do outro e chegando então ao seu final feliz – não considere isso um spoiler, a autora usa como lema o fato de só escrever finais felizes. Para mim, a Eva surge na vida do Lucas para colorir todos aqueles tons cinzas em que ele vivia, enquanto ele vem pra ser o porto seguro dela. É a combinação perfeita!

A história é divertida, super romântica e sexy. Perfeita pra quem ama um clichê de opostos que se atraem e que deseja algo para ler e ficar com um quentinho no coração. A escrita da Sarah Morgan é bastante fluida e não cansa o leitor com descrições demais, nem de menos. Além do romance, a história também aborda assuntos delicados com muita sinceridade, como família, luto e confiança. Os personagens dos livros anteriores aparecem, permitindo que a gente mate a saudade, e são introduzidas novas pessoas na trama também, que devem dar sequência a série. Inclusive, outros três livros já foram lançados lá fora e esperamos que cheguem ao Brasil em breve.

Há tantas formas de amar quanto há pessoas no mundo. Nenhum relacionamento se parece com outro. Se assim fosse, então teriam escrito apenas uma única história de amor.

Apesar de fazer parte de uma sequência, você pode ler este livro separadamente sem grandes problemas, além de alguns spoilers dos casais anteriores. Certamente, não vai faltar entendimento de nenhum acontecimento. Então, se você gostou da premissa desse romance, não deixe de adquirir seu exemplar. Espero que goste!

Comentários

O blog Sentimento de Leitor disponibiliza o espaço do DISQUS para comentários e discussões dos temas apresentados no site, não se responsabilizando por opiniões, comentários e mensagens dos usuários sejam elas de qualquer natureza. Por favor respeite e siga nossas regras para participar. Compartilhe sua opinião de forma honesta, responsável e educada. Respeite a opinião dos demais. E, por favor, nos auxilie na moderação ao denunciar conteúdo ofensivo e que deveria ser removido por violar estas normas. Leia aqui os Termos de Uso e Responsabilidade .

A estrutura do site, bem como os textos, os gráficos, as imagens, as fotografias, os sons, os vídeos e as demais aplicações informáticas que os compõem são de propriedade do "Sentimento de Leitor" e são protegidas pela legislação brasileira e internacional referente à propriedade intelectual. Qualquer representação, reprodução, adaptação ou exploração parcial ou total dos conteúdos, marcas e serviços propostos pelo site, por qualquer meio que seja, sem autorização prévia, expressa, disponibilizada e escrita do site, é vedada, podendo-se recorrer às medidas cíveis e penais cabíveis. Leia aqui os Termos de Uso e Responsabilidade .

publicidade

quem escreve?

Mandy Ariani

Olá, eu me chamo Mandy! Sou apaixonada por livros, filmes, mangás e Jane Austen. Se você quer ficar por dentro do universo geek e literário, visite a gente!

colaboradores

publicidade

para te inspirar

Quando você abre o livro, é como num teatro: ali está a cortina. Você a arrasta para o lado, e a apresentação começa.

Cornelia FunkeCoração de Tinta, 2003.

os mais lidos do blog

editoras parceiras

2019

resenhas as mais recentes

Instagram@sentimentodeleitor