Sentimento de Leitor

Juramos solenemente fazer boas recomendações
Imagem da Thumbnail para O Rei Leão
Resenhas

O Rei Leão

28 set 19 2 mins. de leitura
por Caique Araujo
Esta publicação é fruto de uma PARCERIA

publicidade

Título O Rei Leão
Autor(a) Bobbi JG Weiss
Tradutor(a) Carolina Barcellos
Editora Pixel
Páginas 56
Ano 2019
Simba, um jovem leão, mal pode esperar para se tornar o líder das Terras do Reino, na África. Mas os planos do seu tio ciumento para se apropriar do trono mudam tudo, e uma tragédia força Simba a fugir do seu destino. Esquecendo suas responsabilidades reais, o jovem leão começa a viver uma vida despreocupada longe de casa. Até que um velho amigo ajuda Simba a se lembrar das lições de seu pai, e ele parte em uma nova jornada para reivindicar o seu lugar no Ciclo da Vida.

O lançamento de agosto da Editora Pixel chega nas livrarias no momento certo para comemorar a estréia bilionária do “live-action” da Disney. Desta vez, a editora consome da mesma fonte que a obra anterior: Aladdin veja a resenha clicando aqui. Apresentando, por tanto, um formato e composição similar dentro da identidade da coleção Classic Graphic Novel – que compõe essas histórias. Bobbi JG Weiss é quem assina o roteiro original de O Rei Leão, que fora publicado pela primeira vez em 2007.

Assim como era esperado, principalmente com o nome de Bobbi no roteiro, a HQ segue o formato projetado pela Disney para recontar os clássicos das animações em páginas ilustradas. E, com maestria, o roteiro reproduz uma adaptação sem perder a mesma essência do formato original.

Neste processo, a obra sabe como desenvolver a trama com os mesmos quadros inesquecíveis da animação para o leitor. Graças a esse aspecto, sobre a narrativa não há o que destacar. Em suma, estamos lendo uma adaptação da animação, não do novo “live-action”, respeitando integralmente o roteiro original criado em 1994.

© Material de divulgação passível de direitos autorais.

reileao-pixel-resenha (1)

® Relate qualquer abuso de Uso Indevido de Imagem clicando aqui.

publicidade

Por outro lado, as edições da Pixel são repletas de uma glamourização responsável por colocar, cada uma delas, no patamar das graphics novels de alta qualidade. Capa dura, papel fotográfico com brilho, ilustrações refeitas e atualizadas para a nova edição, além de alguns bônus especiais, incluindo: ficha técnica dos personagens e alguns extras nas últimas páginas. São estas as principais características dessa HQ.

Considerando que Aladdin consistiu no mesmo formato, inclusive, podemos pressupor possivelmente que estamos diante uma nova coleção da Pixel sobre as animações clássicas da Disney. Resta agora, aguardar pelos próximos lançamentos!

Assim como colocado na resenha de Aladdin, a obra é imprescindível para os fãs da animação clássica que desejem garantir uma experiência em um formato diferente – de luxo – do que eles já conhecem. E aqui, também, nasce o ponto negativo. Apesar de um exemplar impecável, não existem novidades. Novamente, a Pixel decidiu não apostar na história baseada no longa metragem, The Lion King: Wild Schemes and Catastrophes, publicada pela Dark Horse e contando com um enredo inédito.

Comentários

O blog Sentimento de Leitor disponibiliza o espaço do DISQUS para comentários e discussões dos temas apresentados no site, não se responsabilizando por opiniões, comentários e mensagens dos usuários sejam elas de qualquer natureza. Por favor respeite e siga nossas regras para participar. Compartilhe sua opinião de forma honesta, responsável e educada. Respeite a opinião dos demais. E, por favor, nos auxilie na moderação ao denunciar conteúdo ofensivo e que deveria ser removido por violar estas normas. Leia aqui os Termos de Uso e Responsabilidade .

A estrutura do site, bem como os textos, os gráficos, as imagens, as fotografias, os sons, os vídeos e as demais aplicações informáticas que os compõem são de propriedade do "Sentimento de Leitor" e são protegidas pela legislação brasileira e internacional referente à propriedade intelectual. Qualquer representação, reprodução, adaptação ou exploração parcial ou total dos conteúdos, marcas e serviços propostos pelo site, por qualquer meio que seja, sem autorização prévia, expressa, disponibilizada e escrita do site, é vedada, podendo-se recorrer às medidas cíveis e penais cabíveis. Leia aqui os Termos de Uso e Responsabilidade .

publicidade

quem escreve?

Mandy Ariani

Olá, eu me chamo Mandy! Sou apaixonada por livros, filmes, mangás e Jane Austen. Se você quer ficar por dentro do universo geek e literário, visite a gente!

colaboradores

publicidade

para te inspirar

Palavras são, na minha nada humilde opinião, nossa inesgotável fonte de magia. Capazes de formar grandes sofrimentos e também de remediá-los.

J. K. RowlingHarry Potter, 1997-2007.

os mais lidos do blog

editoras parceiras

2019

resenhas as mais recentes

Instagram@sentimentodeleitor