Sentimento de Leitor

Juramos solenemente fazer boas recomendações
Imagem da Thumbnail para Turma da Mônica: Laços por Vitor e Lu Cafaggi
Resenhas

Turma da Mônica: Laços por Vitor e Lu Cafaggi

24 nov 18 3 mins. de leitura
por Caique Araujo

publicidade

Título Turma da Mônica: Laços
Autor(a) Vitor e Lu Cafaggi
Editora Panini
Páginas 96
Ano 2013
O Floquinho desapareceu. Para encontrar seu cachorro de estimação, Cebolinha conta com os amigos Cascão, Mônica e Magali e, claro, um plano “infalível”. Em Laços, os irmãos Vitor e Lu Cafaggi levam os clássicos personagens de Mauricio de Sousa a uma aventura repleta de emoção, lembrança e perigos.

É sempre uma árdua tarefa reinventar personagens de longa data. A Turma da Mônica representa um clássico na vida de muitos. Desde quando foi lançada, em 1959, vem conquistando inúmeras gerações. Então, em 2012, a Graphic MSP nasceu. Um projeto da Mauricio de Sousa Produções com o objetivo de recriar a turminha na visão de outros artistas brasileiros consagrados e com estilos diferentes dos já convencionais. Laços foi a segunda aposta do projeto e sendo, possivelmente, uma das coisas mais belas já produzidas na indústria de quadrinhos nacional.

Quando o leitor tem em suas mãos a edição de Turma da Mônica: Laços, uma das coisas mais notáveis são os belos traços adotados pelos irmãos Cafaggi. É inegável o quanto as páginas são absurdamente lindas. Mas essa não é a única qualidade que temos por ali. O roteiro, as cores, a condução da história, os diálogos e a composição, representam uma combinação realmente difícil de ser encontrada no mercado atual – não é atoa que a história ganhou duas continuações.

Sem querer entregar spoilers, tudo começa com um breve flashback sobre como Cebolinha ganhou Floquinho de seus pais. São algumas páginas, completamente sem falas, mas totalmente capazes de causar uma emoção pela simplicidade da mensagem. Nesse momento o leitor já é capaz de descobrir a proposta de Laços: encantar através de relações verdadeiras. Esse início é fundamental para a história, mais adiante, quando Floquinho simplesmente desaparece. O que nos faz entender a força entre o relacionamento de Cebolinha com Floquinho. A partir daí, o quarteto une esforços em uma jornada para ajudar Cebolinha a encontrá-lo.

Não é possível considerar Laços como somente uma simples história original, mas algo completamente criado com o coração e desenvolvido por quem conhece a essência dessas décadas de histórias. O que nos é apresentado faz parte de uma releitura emocionante do universo Turma da Mônica. Afim de envolver-se com o leitor das famosas graphic novels e, também, com os fãs da turminha. Vitor e Lu Cafaggi apresentam uma realidade tangível, construindo, literalmente, laços entre cada um dos protagonistas. É como se eles fizessem parte da sua turma de bairro.

publicidade

Turma da Mônica: Laços não encanta apenas pelos traços cuidadosamente desenhados, mas pela densidade narrativa ao desenvolver questões emocionais relevantes para cada um dos personagens. Para qualquer fã de quadrinho, seja até mesmo um “não-fã” da Turma da Mônica – se é que isso é possível, Laços é uma indicação que não pode faltar a mesa. Não apenas se qualifica como uma excelente porta de entrada às HQs nacionais, mas como traz consigo todo um sentimento nostálgico com alguns dos personagens mais queridos de todos os tempos na cultura pop. Sem dúvidas, respeita o gênero e o formato das graphics novels.

O sucesso foi tanto que, em 2017, a Maurício de Sousa Produções anunciou a sua primeira produção live-action baseada em Laços. O filme que será lançado no ano de 2019 promete trazer a mesma essência retratada nas páginas da graphic novel. Confira abaixo um pequeno teaser promocional já divulgado e maravilhe-se com a possibilidade de ver a turminha nas telas dos cinemas abordando uma excelente história:

Comentários

O blog Sentimento de Leitor disponibiliza o espaço do DISQUS para comentários e discussões dos temas apresentados no site, não se responsabilizando por opiniões, comentários e mensagens dos usuários sejam elas de qualquer natureza. Por favor respeite e siga nossas regras para participar. Compartilhe sua opinião de forma honesta, responsável e educada. Respeite a opinião dos demais. E, por favor, nos auxilie na moderação ao denunciar conteúdo ofensivo e que deveria ser removido por violar estas normas. Leia aqui os Termos de Uso e Responsabilidade .

A estrutura do site, bem como os textos, os gráficos, as imagens, as fotografias, os sons, os vídeos e as demais aplicações informáticas que os compõem são de propriedade do "Sentimento de Leitor" e são protegidas pela legislação brasileira e internacional referente à propriedade intelectual. Qualquer representação, reprodução, adaptação ou exploração parcial ou total dos conteúdos, marcas e serviços propostos pelo site, por qualquer meio que seja, sem autorização prévia, expressa, disponibilizada e escrita do site, é vedada, podendo-se recorrer às medidas cíveis e penais cabíveis. Leia aqui os Termos de Uso e Responsabilidade .

publicidade

quem escreve?

Mandy Ariani

Olá, eu me chamo Mandy! Sou apaixonada por livros, filmes, mangás e Jane Austen. Se você quer ficar por dentro do universo geek e literário, visite a gente!

colaboradores

publicidade

para te inspirar

Quando você abre o livro, é como num teatro: ali está a cortina. Você a arrasta para o lado, e a apresentação começa.

Cornelia FunkeCoração de Tinta, 2003.

os mais lidos do blog

editoras parceiras

2019

resenhas as mais recentes

Instagram@sentimentodeleitor